CISPAR - Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Alto Paranaíba

Presidente do Cispar integra comitiva do Alto Paranaíba em Curitiba

Presidente do Cispar integra comitiva do Alto Paranaíba em Curitiba

A convite do Sebrae, o presidente do Cispar, juntamente com prefeitos e lideranças da região, participou entre os dias 18 e 22 de março de uma missão técnica a Curitiba (PR).

O grupo conheceu ações, iniciativas, tendências, boas práticas e estratégias para a estruturação de uma cidade mais inteligente e esteve na 5ª edição do Smart City Expo Curitiba, o maior e mais importante evento sobre o tema no Brasil.

Com foco nas experiências em políticas públicas destinadas a sustentabilidade, empreendedorismo, desenvolvimento econômico territorial, inovação e smart cities, a visita teve o objetivo de estimular as lideranças a conhecerem experiências bem sucedidas, aplicadas na capital paranaense, reconhecida pelo Smart City Expo Congress Barcelona 2024 como a mais inteligente do mundo.

Na oportunidade, Rhenys Cambraia ainda visitou vista a Pirâmide Solar do Caximba. Trata-se da a primeira usina solar em aterro sanitário da América Latina. Com quase 8,6 mil painéis, a Pirâmide Solar do Caximba, faz parte do programa Curitiba Mais Energia, uma das estratégias da cidade para combater e mitigar as mudanças climáticas, por meio da produção de energia renovável, o que também resulta em economia aos cofres públicos.



A energia gerada pelos módulos fotovoltaicos da Pirâmide Solar é injetada na rede de distribuição da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) e o valor é abatido da conta de energia do município. A economia estimada mensalmente é de 30% sobre o valor da conta de energia dos prédios públicos do município, o que pode representar, por ano, R$ 2.650.000, que poderão ser revertidos em benefícios à população.

A economia de recursos é suficiente para a realização de diversas obras, além do benefício ambiental, já que a energia solar é a matriz energética que menos emite gases do efeito estufa durante a sua geração e é renovável.



A experiência em Curitiba é exemplo para o CISPAR, a medida que avançamos com o projeto de Concessão da Gestão de Resíduos Sólidos, desenvolvido junto ao BMGD, SEMAD e Banco Internacional de Desenvolvimento (BID).

Galeria